sexta-feira, 19 de abril de 2013

Dia do Índio



Quem nunca comeu aquela pipoca quentinha com aquela manteiga derretida, acompanhada de um belo guaraná, assistindo aquele filme ao lado da pessoa amada. Pois é! Amigos, eu fiquei impressionado quando soube, através das minhas pesquisas que: foram os índios que inventaram a pipoca. A pipoca? Sim. A pipoca!
“A “Pipoca” originou-se do termo pï'poka, “estalando a pele”, formado pela junção de pira (pele) e poka (estourar). “Pororoca” originou-se do termo tupi poro'roka de poro'rog, estrondar”. Os primeiros europeus que chegaram ao continente americano descreveram a pipoca, desconhecida para eles, como um salgado à base de milho usado pelos índios tanto como alimento quanto como enfeite para o cabelo. Sementes de milho usadas para fazer pipoca foram encontradas por arqueólogos não só no Peru, como também no atual Estado de Utah, nos Estados Unidos, o que sugere que ela fazia parte da alimentação de vários povos americanos. 
E em memórias dos índios não pude deixar de postar uma matéria em homenagem ao dia do índio.

 
Comemoramos todos os anos, no dia 19 de Abril, o Dia do Índio. Esta data comemorativa foi criada em 1943, pelo presidente Getúlio Vargas, através do decreto lei número 5.540.
Para entendermos a data, devemos voltar para 1940. Neste ano, foi realizado no México, o Primeiro Congresso Indigenista Interamericano. Além de contar com a participação de diversas autoridades governamentais dos países da América, vários líderes indígenas deste continente foram convidados para participarem das reuniões e decisões. 
Porém, os índios não compareceram nos primeiros dias do evento, pois estavam preocupados e temerosos. No entanto, após algumas reuniões e reflexões, diversos líderes indígenas resolveram participar, após entenderem a importância daquele momento histórico. Esta participação ocorreu no dia 19 de abril, que depois foi escolhido, no continente americano, como o Dia do Índio.
No Estado do Amapá atualmente, há cinco tribos diferentes de povos indígenas, segundo o último levantamento da FUNAI. O município de Oiapoque agrupa três diferentes tribos em sua extensão territorial, são eles: Uaçá, Jiminã e Galibi, sendo que a primeira é a mais populosa com mais de cinco mil habitantes. O Laranjal do Jari abriga as outras duas sociedades tribais, os Waiãpi e Tumucumaque (esta última é a menos populosa do estado).

REFERÊNCIAIS:
 
DIA DO INDIO. Historia do dia do Índio. Disponivel em <www.suapesquisa.com/datascomemorativas/dia_do_indio>. Acesso em 19 de abril de 2013.


Jean Paulo P. Gomes. Morada de indio. Disponivel em <blogspot.com.br/2010/07/difusao-cultural-indigena-no-amapa>. Acesso em 19 de Abril de 2013.
 


Nenhum comentário:

Postar um comentário