sábado, 27 de abril de 2013

Os Evangélicos Chegam no Amapá



A história que hoje compartilho diz respeito ao surgimento dos evangélicos no Estado do Amapá que iniciou com a vinda de pessoas corajosas que se embrenharam por estas paragens para anunciar o evangelho de salvação do nosso Senhor e salvador Jesus Cristo.

O movimento protestante chega a Macapá em 1916, pelo boliviano Clímaco Bueno Aza, convertido ao evangelho em 1913, no interior do Pará. Nesse período a cidade de Macapá comportava uma população de mil habitantes e estava ligada política e juridicamente ao Estado do Pará, apesar de ser o município mais importante da região. Poucas pessoas perceberam a chegada do evangelista, com malas cheias de Bíblias, folhetos e Evangelhos.
O boliviano Climaco Bueno Aza
Pe. Júlio Lombaerde
Mas, quando tomou conhecimento da sua presença os religiosos apoderaram-se dos livros e queimaram em praça pública, sobre a liderança do Vigário da Cidade Padre Júlio Maria de Lombaerde. 
O evangelista não desanimou e após a primeira visita em 26/06/1916, retornou no final do mesmo ano, numa segunda viagem e encarregou o evangelista Manoel José de Matos Caravela a responsabilidade de dar continuidade no trabalho que havia iniciado e assim, em 27 de junho de 1917 era fundada a Assembleia de Deus em Macapá-AP. 
Manuel José de Matos Caravela fundador da Igreja Pentecostal Assembleia de Deus em Macapá


Mas a partir da década de 50 o movimento pentecostal da Assembleia de Deus, pôde contar com outras frentes Missionárias para ajudar a anunciar o evangelho do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo na capital do incipiente Território Federal do Amapá, o qual foi à implantação da Igreja Evangélica dos Irmãos pelo missionário norte americano Eduardo Miller e sua família; e por se iniciar na residência do irmão Fábio Azevedo de Oliveira a semente da Igreja Batista neste município.
Eduardo Miller chegou a Macapá em 1951 e em1953 erigiu o primeiro templo da Igreja Evangélica dos Irmãos, cujo este a principio era de madeira, e ao lado da igreja implantou também a Escola Evangélica que ensinava a ler, a escrever e datilografia para as pessoas da comunidade. Esse missionário permaneceu à frente da igreja dos irmãos até 1966, onde passou os trabalhos ao pastor Eulálio Alfaia da Trindade, hoje com 87 anos, residente em Macapá. Atualmente Igreja Evangélica dos Irmãos passou por uma reforma mais manteve a sua arquitetura padrão, hoje esta sob a liderança do pastor Egon Paulitsch que esta a dois anos em Macapá.        
 
Eduardo Miller em frente da Igreja foto do blog de Alcinéia Cavalcante
Já o movimento Batista se iniciou no dia 02 de novembro de 1953 com o irmão Fábio Azevedo de Oliveira, esse irmão por sua vez é brasileiro naturalizado americano e se deslocou a este estado para trabalhar como Engenheiro Civil na mineradora ICOMI, Fabio Azevedo procurou e não encontrou nenhuma igreja batista na região, então se disponibilizou em abrir a porta de sua casa localizada na Av. FAB, em frente ao GM, para anunciar o evangelho, formando um ponto de pregação. Assim, o incipiente trabalho evangelístico começou a crescer, ocasionando a transferência do ponto de pregação para um lugar mais amplo, localizado na Rua Eliezer Levi, no Bairro do Laguinho, tendo como anfitrião o irmão Nerino Mota de Oliveira.
O irmão Fábio de Oliveira não se acomodou e continuou a sonhar com a obra missionária, então este irmão decidiu escrever para a Junta de Missões Estrangeiras, solicitando um missionário para somar esforços a anunciar o evangelho de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo aqui na capital do Território do Amapá. O apelo foi atendido e a Junta de Missões Estrangeiras disponibilizou o casal Pastor Kyle Robert Lawrence e Doroth Mac Noose Lawrence, que aqui chegaram a fevereiro de 1954, dando continuidade a semente lançada pelos batistas que chegavam à nova região através da firma ICOMI.
Primeira Igreja Batista em Macapá localizada na Av. FAB



O casal Lawrence, juntamente com os irmãos que aqui já se encontravam dá prosseguimento à obra missionária alugando um salão, na Rua General Rondon, próximo à antiga Olaria, chamado “Bairro Alto”. A junta Paraense soma esforços e envia o obreiro Demétrio Gonçalves para contribuir com a expansão do Reino Deus.
Mas, a palavra de Deus nos ensina que “todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito” (Rm. 8. 28), assim se configurou a obra do Senhor aqui em Macapá no ano de 1954, onde os irmãos conseguiram adquirir um terreno na praça Dr. Lélio Sila, no bairro do Laguinho, para construção do templo da Primeira Igreja Batista, todavia, Deus tocou no coração do missionário Lawrence, que levou a congregação a fazer a troca por um terreno na Av. FAB em frente ao campo de aviação.
O missionário Pr. Kyle Lawrence não mediu esforços e foi buscar recursos nos EUA, para erigi o templo, e esse seu empenho foi importantíssimo, pois consolidou todos os esforços dos irmãos que aqui se embrenharam a anunciar o evangelho numa região tão inóspita e desconhecida para o resto do país, com a implantação da igreja. O recurso foi conquistado e coube a empresa Equatorial, construtora do Pará a responsabilidade de construir o templo. E assim, no dia 31 de julho de 1955 é inaugurado o templo e organizada a 1ª Igreja Batista de Macapá.
Na década de 70 é a vez dos irmãos do Evangelho Quadrangular desembarcar em Macapá Fundada em 12 de fevereiro de 1975 pelos missionários  Josué Bengston e Geremias Valente. E dando continuidade para o crescimento da obra Missionária  passaram  vários outros grandes homens de Deus como Pastores. Hoje a Igreja Sede de Macapá é Pastoreada pelo Pr. José Mercurio e tem como Presidente Estadual o Pr. Guaracy Junior que juntamente com os Superintendentes vem desenvolvendo um grande trabalho em prol do crescimento da Igreja no Estado.



 

Nenhum comentário:

Postar um comentário